Como Precificar Serviços de Salão de Beleza

 

 

Um dos maiores desafios – e erros – dos salões de beleza está no modo como eles fazem a precificação de seus serviços. Pensar no preço que você vai cobrar levando em consideração somente a concorrência é um erro grave que pode trazer problemas financeiros no futuro.

Se você é dono de um negócio desse tipo, ou quer abrir um, mas ainda não sabe quais serão os preços de seu salão de beleza, esse artigo é para você. Entenda como você pode aplicar a técnica de precificação e chegar a preços que gerem a satisfação do cliente e te façam lucrar mais.

 

Entenda os seus gastos fixos

O primeiro passo para começar a precificação de seus serviços é, antes de tudo, entender à fundo todos os seus gastos. Um salão não é fácil de manter, e existem muitas coisas a serem colocadas no papel.

Gastos físicos, como aluguel, conta de luz e de água, são despesas que você sabe que deve pagar todo mês. Independente da quantidade de atendimentos que você fizer, o valor desses gastos é basicamente o mesmo todos os meses.

 

Então, ponha no papel o gasto médio que você possui com:

  • Aluguel
  • Conta de luz
  • Conta de água
  • Salário de funcionários
  • Conta da internet (caso tenha)

 

Além desses gastos, você também tem as chamadas despesas variáveis, que são referentes à compra de produtos, gastos com publicidade e outros. Esses gastos são pontuais, coisas que você sabe que não faz todos os meses e, além disso, pode cortar de seu orçamento quando necessário.

READ  4 Passos Para Controlar Estoque de Salão de Beleza

 

Como precificar serviços de salão de beleza

Agora que você já sabe todos os gastos fixos que tem por mês com o seu salão, você pode começar a pensar em como chegar a um valor de serviço que atenda às suas necessidades.

Vamos supor que você tenha gastos fixos mensais de R$ 2 mil reais. Você precisa montar uma tabela de precificação que consiga pagar as suas contas mas, ainda assim, também te dê lucro.

Ainda pensando no nosso exemplo, digamos que você ofereça em seu salão o serviço de corte de cabelo, hidratação, escova e manicure. Desses serviços, os mais procurados em seu salão são os de corte de cabelo e manicure.

Pensando nessa lógica, você deve fazer seu cálculo de forma que cada um dos serviços receba uma parte da responsabilidade dos custos fixos, e aqueles serviços mais procurados devem ser aqueles que recebem maior parte da responsabilidade.

 

2.1 Como fazer o calculo de precificação para serviços de salão

Quer um exemplo mais prático? Vamos para o exemplo do corte de cabelo, que é um dos serviços mais procurados nos salões. Em nosso exemplo, esse serviço receberá a responsabilidade de 30% dos gastos fixos, e, digamos, você realiza uma média de 300 cortes por mês (cerca de 10 por dia).

O corte de cabelo, então, é responsável por pagar R$ 600 (30% de R$ 2 mil) dos seus gastos fixos todo mês. Como você faz 300 cortes por mês, o valor do percentual de gastos fixos para cada corte ficaria por R$ 20.

Agora você precisa acrescentar nesse valor um percentual de lucro e, caso necessário, também a porcentagem de comissão do funcionário.  Se você colocar uma comissão de 20% e taxa de lucro de 15%, o valor do seu corte sairia em torno de R$ 30.

READ  3 Dicas para Lucrar Mais com Salão de Beleza

Você precisa fazer isso com todos os preços dos serviços de seu salão de beleza.

 

Conheça sua concorrência

Você já chegou num valor ideal para seus serviços, agora está na hora de pesquisar os valores da concorrência e comparar os preços de salão de beleza. Caso seu valor esteja muito acima do valor cobrado pelo concorrente, você pode tentar cortar gastos fixos ou até diminuir um pouco a sua taxa de lucro.

 

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *